Crescendo como Saumensch

O Pequeno Príncipe

terça-feira, agosto 04, 2015 Julia Pinheiro 2 Comments


O Pequeno Príncipe é um clássico da literatura escrito por Antoine de Saint-Exupéry publicado originalmente em 1943, mas essa edição aí foi lançada no começo desse ano pela Geração Editorial. Essa edição maravilhosa é de capa dura, possuí detalhes em dourado e tem uma margem totalmente diferente, cheia de detalhes, todas coloridas e diferentes, fora um espaço com uma mini biografia sobre o autor.


Tive muita dúvida sobre fazer ou não uma resenha propriamente dita do livro, pois acho que todos conhecem a história - afinal, é o terceiro livro mais traduzido do mundo e já foi muitas vezes usados como leitura obrigatória em escolas durante várias gerações - então acho que esse post vai ser mais uma avaliação e para mostrar essa edição maravilhosa.

Essa raposa eu ganhei no ovo de chocolate da cacau show que mostrei com detalhes aqui 
A história fala sobre um piloto que caiu no meio do deserto e foi surpreendido pela visita de um principezinho, uma criança de cabelos dourados que fazia muitas perguntas e percorreu um longo caminho até chegar à terra, tudo por conta de sua querida rosa, que agora jazia sozinha em seu planeta. O enredo é assim mesmo, bem básico e aparenta ser bem infantil, mas na verdade é um livro bem profundo, cheio de reflexões e muito poético.


Com poucos personagens e diálogos simples são criadas analogias, e são escritos pensamentos tão inocentes e tão carregados de sentimentos que em certas passagens eu até me arrepiava toda. O Pequeno Príncipe é um dos meus livros favoritos e que eu guardo com muito carinho. Infelizmente a edição comum eu já não tenho mais, mas pretendo compra-la também por ser clássica. Quem nunca leu, deveria. Acho que todos no mundo deveriam ler esse livro. Desperta nosso lado mais humano, faz você enxergar as pessoas de modo diferente. Acho que pra quem não tem ideia de como é terá ao ler a parte dos Trechos Favoritos no final do post.


Minha parte favorita com certeza é a com a Raposa, que também é minha personagem favorita. Amo o diálogo entre ela e o Pequeno Príncipe e todas as pequenas reflexões levantadas. 



Todos os capítulos começam assim: com a primeira letra muito desenhada, e o fundo colorido. A cor do texto mesmo nas páginas brancas variavam. Escolhi essa página porque amo essa cor, mas devo dizer que em alguns poucos casos a cor da página prejudicou a qualidade do desenho, mas não fez muito diferença.



Para quem  não sabe também, o livro é ricamente ilustrado pelo próprio autor com suas aquarelas, então os desenhos são bem simples mas marcam presença. Esse é o desenho da capa original e um dos meus favoritos, mas pelo que eu me lembro na versão original, no interior do livro, ele é menor. Acho que muitos desenhos foram ampliados. E a margem do livro é perfeita. Amei. Amo margens grandes. Essa edição ficou perfeita, a editora está de parabéns. É muito apaixonante, detalhada e delicada.


Amei conhecer o Antoine de Saint-Exupéry, foi muito bom descobrir que a pessoa que escreveu um livro tão mágico e lindo era uma ótima pessoa. O aviador possui outros livros, de romance, todos envolvendo pilotos. Apaixonado por voar lutou na segunda guerra mundial e lançou O Pequeno Príncipe no momento em que o mundo mais precisava de luz e de delicadeza. Amei isso e achei muito bem resumida e com várias fotos, mas algumas horas fiquei meio perdida na linha do tempo de sua vida.



Trechos favoritos:

"O essencial é invisível aos olhos."

"Foi o tempo que dedicaste à tua rosa que a fez tão importante."

"Tu não és para mim senão uma pessoa igual a cem mil outras pessoas. E não tenho necessidade de ti. E tu não tens necessidade de mim. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei pra ti a única no mundo."

"Tu julgarás a ti mesmo – respondeu o rei. – É o mais difícil. É bem mais difícil julgar a si mesmo que julgar os outros. Se consegues fazer um bom julgamento de ti, és um verdadeiro sábio."

"É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas."

"Era uma pessoa igual a cem mil outras pessoas. Mas, eu fiz dela um amigo, agora ela é única no mundo."

"Sempre há uma outra chance, uma outra amizade, um outro amor, uma nova força. Para todo fim, um recomeço."

"As pessoas são solitárias porque constroem muros ao invés de pontes."



Acho que deu pra perceber que sou só elogios por essa edição e por essa história. Indico elas à todos para adoçar a vida. Espero que tenham gostado. Já leram esse livro?


You Might Also Like

2 comentários

  1. Oi Ju, tudo bem?
    "O Pequeno Príncipe" é um dos livros que mais amo na vida. Ele é simples e encantador. Leio sempre que posso e uso aquelas frases maravilhosas constantemente. rss Impossível não se apaixonar por esse clássico.

    Um grande beijo e olha, adorei suas fotos!
    http://www.psicoseliteraria.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Agora que tenho uma edição de novo ( porque a antiga eu não sei o que aconteceu ) toda hora me pego dando uma olhada nela e lendo alguns trechos *-*

      Obrigada <3 Beijos!

      Excluir

Flickr Images