Crescendo como Saumensch

Garota Exemplar

segunda-feira, julho 20, 2015 Julia Pinheiro 2 Comments


A resenha da vez é de Garota Exemplar, publicado no Brasil em 2013. O livro é dividido em três partes, possui 446 páginas e tem uma narrativa em primeira pessoa alternando os pontos de vista de Amy e Nick durante a história. Minha edição é a original, e como muita gente me perguntou no instagram, informo que achei por coincidência vendendo no Walmart aqui no Rio.


Amy e Nick são casados a cinco anos, e para comemorar esse quinto aniversário é feita uma caça ao tesouro que é proposta pela Amy, assim como em todos os anos. Porem, esse ano as coisas não estão muito boas com o casal. Uma tensão visível paira no ar na busca por tentar salvar o casamento, e tudo só piora quando Nick chega em casa e percebe que sua esposa sumiu.


O cenário da casa é estranho: móveis virados, posta escancarada e o tão precioso gato na rua. Começa então a busca por Amy, que vai tomando caminhos diferentes do esperado, envolvendo pessoas estranhas, e levando a uma situação não convencional, isso fora as pistas espalhadas por ela antes de sumir. E o pior de tudo: mesmo aparentando o quanto Nick é um cara legal, tudo leva a crer que é ele quem esta por trás de tudo. 


Não tenho muito o que falar sobre o enredo, que acho que principalmente por causa do filme todo mundo já conhece, até porque qualquer coisa além disso acho que seria um spoiler, então meu foco aqui vai ser a narrativa, que é bem diferente e te prende de um jeito nada convencional.


Por conta das narrativas alternadas e por você poder observar ambos os pontos de vista pra mim foi ainda mais difícil avaliar a situação. À cada capítulo eu mudava de lado, muitas vezes não tinha o que pensar, e tudo só te leva a ler ainda mais. Os detalhes vão aparecendo aos poucos de modo que cada página é uma surpresa e de modo que você mesmo não sabe mais com o que esta lidando e muito menos diferenciar quando os personagens estão sendo sinceros em suas narrações ou quando estão mentindo.

Todo esse conflito de ideias só fez com que eu lesse cada vez mais rápido o livro, determinada a descobrir tudo isso. Muitas vezes ficava nervosa porque achava que ambos os personagens estavam enrolando, citando acontecimentos desnecessários, mas depois da primeira parte do livro você começa a ver cada um deles com outros olhos, e cada um deles vão sendo desenterrados de modo que eu esquecia que aquilo tinha acontecido e me culpado por não ter dado a devida importância na hora.


Não quero dar posicionamento quanto aos personagens porque foi por algo sutil como isso que eu li em algum lugar que já me levou à leitura com outros olhares, o que acho que prejudicou sim algumas surpresas e alguns posicionamentos, mas ainda assim a leitura é incrível. Me sentia muito nervosa durante a história, diversas vezes quis rasgar o livro em mil pedaços e o final foi surpreendente! Acho que só não o favorito por conta dessas sensações terríveis que a narração me causou, mas creio que isso só faz a credibilidade da incrível narrativa aumentar. 


Esse foi o segundo thriler que eu li, e eu gostei bastante, mas acho que o diferencial disso foram as informações. Você tinha todas as peças do mistério nas mãos desde o começo e não se dava conta disso até que tudo tivesse sido revelado, e isso que fez toda a diferença, a incredulidade diante dos fatos. Nas últimas páginas do livro eu não pudia mais acreditar no que estava lendo e pensava que ainda tinham coisas demais para serem resolvidas em poucas páginas. Garota Exemplar é uma história muito inteligente, bem pensada e bem conectada, se você não se surpreender com esse livro não sei nem o que te dizer.


Trechos Favoritos:

"Suponho que essas indagações pairem como nuvens negras sobre todos os casamentos: No que você esta pensando? Como está se sentindo? Quem é você? O que fizemos um ao outro? O que iremos fazer?"

"O amor faz você querer ser um homem melhor - certo, certo. Mas talvez amor, amor de verdade, também lhe dê permissão para ser apenas o homem que é."

"As pessoas adoram falar, e eu nunca fui um grande falador. Tenho um monólogo interno, mas as palavras com frequência não chegam aos meus lábios."

"Parece que tudo ficará bem, todo aborrecimento transformado em uma história divertida a ser contada no jantar."

"... senti o alívio que costumava sentir quando a via: as coisas podiam não estar ótimas, mas ficariam bem."

"Mas aquilo tinha que acabar porque não era real, não era eu."


Alguém ai já leu ou já viu garota exemplar? Ainda não vi o filme, alguém sabe me dizer se é uma boa adaptação? 

You Might Also Like

2 comentários

  1. Olaaá!
    Logo que ouvi falar desse livro fiquei LOUCA pra ler, acabei não comprando e agora a vontade esfriou, além de que só vejo a edição com capa do filme em promoção, poxa HAUHAU Parece ser uma história incrível, adoro essas reviravoltas, tenho curiosidade pra ver o filme, mas ainda quero ler antes! <3

    Beijosss,
    (letitbela.com)

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    amei a resenha, Gillian se tornou minha autora preferida, infelizmente só consegui com a capa do filme :( , mas espero algum dia comprar a original. Parabéns pelo blog.
    missliterary.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Flickr Images