Crescendo como Saumensch

A Garota que eu quero

terça-feira, setembro 24, 2013 Julia Pinheiro 0 Comments


A Garota que eu quero, do Markus Zuzak ( que escreveu A Menina que Roubava Livros ) conta a história de Cameron Wolfe, que é o mesmo personagem de seu outro livro, O Azarão, porém, os livros são independentes, ou seja, você não precisa ler os dois pra entender a história.
 Enquanto n' O Azarão Cameron luta consigo mesmo entre a confusão de ser um perdedor e ser alguém na vida, n' A Garota que eu quero ele meio que já se acostumou com isso, porém não aceita sua condição parado, e vai a luta.
No final de cada capítulo tem pequenos textos escritos pelo Cameron, e o texto acima, intitulado A Ponte foi um dos que eu mais gostei, e fala dobre as palavras.
Eu já li alguns livros do Markus Zuzak, e sempre acho muito complicado de resumir as histórias contadas em seus livros, pois elas não são meras histórias, elas são tão profundas e tão tocantes que simplesmente não tem como resumi-las, e caso eu o faça, a história não parecerá tão boa quanto realmente é. E é claro A Garota que eu Quero não é diferente. Não é apenas a história de um menino que se apaixona. É a história de um menino com um coração bom, que esta sempre em conflito consigo mesmo, se menospreza e da valor aos pequenos detalhes da vida. Cameron consegue te envolver de tal forma que as vezes você simplesmente tem que parar de ler e fazer uma reflexão pessoal.

Faço as palavras de Kirkus Reviews as minhas: uma história comovente, mas não sentimental.


Simplesmente AMEI o livro.

Fiquei em dúvida entre tantas frases do livro, mas acho que a que eu mais gostei foi:

Há inúmeros momentos a serem lembrados, e às vezes acho que não somos pessoas, na verdade. Talvez sejamos momentos.
Momentos de fraqueza, de força.
Momentos de salvação, de tudo.

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images